Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saúde
Secretaria de Saúde de São João Batista alerta para risco de doenças pós-enchente

Publicado em 07/12/2022 às 16:44 - Atualizado em 07/12/2022 às 16:44

Leptospirose e viroses são enfermidades que podem ser provocadas pelo contato com águas contaminadas

 

A Secretaria Municipal de Saúde de São João Batista alerta a população sobre o potencial risco de contrair doenças provocadas pelo contato com as águas da enchente. A recomendação é que as pessoas que tiverem sido expostas às áreas de alagamento e à lama procurem atendimento médico caso percebam algum dos seguintes sintomas: febre, mal-estar, dor de cabeça e dor no corpo, principalmente na região da panturrilha.

Conforme a diretora municipal da Vigilância Epidemiológica, Aline Maria Paulista, a leptospirose é ocasionada por uma bactéria presente na urina dos ratos. “Com a enchente e a lama, a urina dos ratos se propaga, e as pessoas que tiveram contato com essas águas podem se contaminar. É uma doença que pode causar falência renal, hemorragia, problemas neurológicos, podendo, inclusive, levar a óbito caso não seja diagnosticada rapidamente”, explica.

A virose é outra doença que pode ocorrer devido às inundações. O contato com as águas e a ingestão de alimentos e/ou água contaminados podem provocar diarreia, vômito, dor de cabeça e mal-estar, o que também requer avaliação médica.

“Já conseguimos restabelecer o atendimento em seis unidades básicas de saúde. O Hospital Monsenhor José Locks também está com funcionamento normal. Pedimos que as pessoas fiquem atentas e procurem atendimento o mais rápido possível caso sintam algum sintoma suspeito. No caso da leptospirose, os sintomas costumam a aparecer a partir de 7 dias após o contato com águas contaminadas”, esclarece a secretária municipal de Saúde, Karin Leopoldo.

Confira como atualmente está organizado o atendimento à comunidade:

 

- UBS Centro – Referência para Centro, Jardim São Paulo, Tajuba I, Timbezinho e Colônia Nova Itália

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h

 

- UBS Novo Horizonte – Referência para Ribanceira do Sul, Cardoso e Krequer

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h

 

- UBS Carmelo – Referência para Carmelo, Krequer e Rio do Braço

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h

 

- UBS Fernandes – Referência para Fernandes e Tajuba II

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h

 

- UBS Tigipió – Referência para Tigipió e Fernandes

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h

 

- UBS Colônia Nova Itália – Apenas atendimento de enfermagem nesta semana (consultas médicas serão retomadas na próxima semana)

 

- UBS Jardim São Paulo – Fechada por tempo indeterminado

 

- UBS Ribanceira do Sul – Fechada por tempo indeterminado

 

- UBS Cardoso – Fechada por tempo indeterminado

 

- Unidade do Rio do Braço – Sem atendimento nesta semana

 

- Hospital Monsenhor José Locks – Funcionamento ininterrupto