Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Educação de São João Batista está entre as melhores do país

Publicado em 06/11/2015 às 00:00 - Atualizado em 02/05/2017 às 13:46

Estudo inédito foi divulgado numa edição especial da revista Isto é - As Melhores Cidades do Brasil 2015 Um estudo inédito com os municípios que mais se destacaram em um conjunto de indicadores das áreas fiscal, econômica, social e digital colocou São João Batista entre os melhores nos rankings de educação e indicadores sociais. Divulgado na edição especial da Revista Isto É –  Melhores Cidades do Brasil 2015, o ranking classifica e mapeia o nível de desenvolvimento socioeconômico nos 5.570  municípios  do país e hierarquiza de acordo com 500 indicadores (quantitativos e qualitativos). A Editora Três e a Austin Rating são as responsáveis pela publicação. A informações  foram extraídas de  fontes primárias públicas, como o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE), Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Datasus, Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Ministério do Desenvolvimento, Indústria  e Comércio (MDIC), entre outras. Os municípios também foram categorizados e premiados conforme o tamanho da população: Pequeno Porte (até 50 mil habitantes), Médio Porte (De 50 mil a 200 mil habitantes) e Grande Porte (acima de 200  mil habitantes). A Capital Catarinense dos Calçados apareceu em dois indicadores. No Social ficou com a 20ª colocação entre os municípios de pequeno porte no país, ou seja, até 50 mil habitantes. No caso da Educação, na página 152 da revista, é possível verificar o destaque da cidade entre os municípios de pequeno porte, em que São João Batista ficou com a 36ª colocação e no Indicador Geral, aparece na 42ª colocação. Avanços Após ter acesso a publicação, feliz o prefeito Daniel Netto Cândido analisou: “Sabemos que há mais para ser feito, mas não podemos negar que avançamos e conquistamos muito ao longo dos anos”. Entre os avanços, o prefeito relata que foram criadas mais de 500 vagas de creche por meio de ampliações a abertura de novas unidades de 2013 para cá. A secretária de educação, Rosane Sartori Rosa acrescenta que foram feitos outros investimentos como, todas as escolas da rede municipal receberam nova mobília, de  janeiro de 2013 até setembro de 2015 foram adquiridos sete veículos (um microônibus, dois ônibus, uma sprinter, uma saveiro e dois unos novos para educação); as escolas foram climatizadas garantindo mais conforto aos alunos e professores. Além disso, o município recebeu o selo Livre do Alfabetismo, alcançando o índice superior a 96% de alfabetização. [gallery ids="19950,19949,18652,18633,19951"]