Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Agricultura
São João Batista terá mutirão para castração de cães e gatos

Publicado em 29/06/2017 às 10:25 - Atualizado em 29/06/2017 às 10:25

De 27 a 30 de julho, a Administração Municipal e a SOS Bicho Urbano realiza com o apoio da Associação Batistense Protetora dos Animais – Abpa um mutirão para castração de cães e gatos, na Escola Alice da Silva Gomes. As salas utilizadas serão esterilizadas antes e depois dos procedimentos que acontecerão no período de férias escolares. A secretária da Associação, Joana Zunino informa que o mutirão vai acontecer com a aprovação do Conselho Regional de Medicina Veterinária.

O valor da inscrição varia conforme o tamanho do animal, mas custa uma média de R$100, mais R$ 40 para roupa cirúrgica e medicamento. Para se inscrever o cidadão deve se dirigir a Secretaria de Assistência Social.  Joana destaca que em média o valor de uma castração custa R$ 500. “É um valor social destinado a pessoas de baixa renda, que recebem até três salários mínimos”, descreve.

O prefeito Daniel Netto Cândido acrescenta que este investimento será importante e ajudará no trabalho da Abpa, que não é pequeno. “Sempre apoiamos esta associação e esta causa tão importante. Entendemos que a castração ajudará a diminuir o número de animais abandonados não só em nossa cidade, como em toda região”, argumenta.

 

Onde se inscrever

São João Batista – Secretaria de Assistência Social, horário comercial

Major Gercino: Cras Gavinhas, horário comercial

01/07: inscrição e feirinha na praça da prefeitura em SJB (Matutino)

Nova Trento: Academia San Remo, das 18:00 às 22:00

08/7: inscrição e feirinha em Nova Trento(Matutino)

16/07: inscrição e feirinha em Canelinha (Matutino)

 

Sobre a SOS Bicho Urbano

O Instituto SOS Bicho Urbano não possui fins lucrativos. É independente de empresas, governos ou partidos políticos. Os recursos financeiros para o desenvolvimento de suas atividades têm em sua origem o trabalho voluntário organizado.

 A instituição é composta por um grupo independente, autossustentável, não possui associados ou doações mensais, com sede em Passo de Torres. É membro do Forum Nacional de Proteção e Defesa Animal.