Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Cultura
Colônia Nova Itália é pauta de reunião com Cônsul Geral da Itália

Publicado em 22/02/2021 às 09:20 - Atualizado em 22/02/2021 às 13:40

Comitiva batistense apresentou, na última sexta-feira (19), em Curitiba, os objetivos do movimento que busca o reconhecimento da localidade como berço da imigração italiana no Brasil

 

Non si può negare la storia, la vera storia! Com esta premissa, o movimento que busca o reconhecimento da Colônia Nova Itália como berço da imigração italiana no Brasil segue avançando. Na última sexta-feira (19), a questão foi abordada junto ao Cônsul Geral da Itália em Curitiba, Salvatore Di Venezia, ao presidente do Comites (Comitato degli Italiani all'Estero), Luis Molossi, e ao conselheiro do Comites, Elton Diego Stolf.

Durante o encontro, o historiador Paulo Vendelino Kons, que atua na coordenação do movimento, e o assessor de gabinete da Prefeitura Municipal de São João Batista, Plácido Vargas, explicaram os objetivos das ações que estão em andamento. O principal deles é a correção da Lei Federal n° 13.617/2018, que atribuiu equivocadamente o título ao município de Santa Teresa, no Espírito Santo.

“Só queremos o respeito à história”, resume Kons, destacando que, conforme comprovado em documentos históricos, a Colônia Nova Itália foi fundada em março de 1836 por 132 imigrantes provenientes do Reino da Sardenha (precursor do Reino de Itália). Ou seja, 38 anos antes da chegada dos primeiros trentinos ao município capixaba.  

Além das questões históricas, também foi tratada a possibilidade de uma parceria para o desenvolvimento de ações de intercâmbio cultural. Entre elas, a implementação de cursos para difusão da língua italiana em São João Batista e um acordo de gemellaggio. O Consulado, cuja jurisdição engloba Paraná e Santa Catarina, se colocou à disposição para auxiliar na intermediação das demandas.